23 de janeiro de 2020

Viva Bem – Musicoterapia é uma terapia do futuro

Musicoterapia é uma terapia do futuro – A princípio, a Musicoterapia é indicada à todas as pessoas. Mas existem restrições. Tem um caso de epilepsia, por exemplo, em que as crises são engatilhadas com um determinado tipo de som. Como não se conhece previamente que tipo de som pode levar à crise, pois há as diferenças entre cada paciente, neste caso a Musicoterapia é contra-indicada. Mas somente neste caso. Não há nenhuma outra restrição.
A Musicoterapia, que está se estabelecendo como ciência, está tendo um grande avanço, principalmente dentro das instituições.
Na Argentina não existe hospital psiquiátrico que não tenha musicoterapeuta. A mesma coisa acontece no Canadá, Espanha, França e Estados Unidos. Nesses países, os musicoterapeutas estão presentes, também, nas escolas para deficientes mentais, entidades filantrópicas e abrigos.
Para quem se interessou pela Musicoterapia, entretanto, segue um alerta: não são em todos os países que você terá acesso aos benefícios dessa ciência.
No Brasil, apenas alguns estados possuem clínicas que oferecem esse tipo de terapia. Porém, esta questão da escassez de lugares onde a terapia pode ser encontrada não será por muito tempo, certamente.
A Musicoterapia é, sem dúvida nenhuma, uma das mais promissoras da atualidade e já vem sendo tratada como uma das terapias do futuro. Sendo assim, ela em breve se estenderá por todo o Brasil. Afinal, num mundo conturbado como o nosso, todas as terapias de sucesso são bem-vindas. E a Musicoterapia não pode e não deve ficar de fora…
Não existe Musicoterapia sem musicoterapeuta. A melhora observada no tratamento somente é possível com a interação entre paciente e terapeuta. A música é a ferramenta. A música sozinha não é um remédio. Realmente é necessário um acompanhamento profissional, para que a terapia deixe sobressair seus benefícios.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas