30 de março de 2020

    Viva Bem – Horta em Casa

    Horta em Casa – É possível, sim, cultivar hortaliças em casa. As crianças vão adorar participar dessa “brincadeira”.    Escolher as mudas, preparar a terra, regar todos os dias, ver a planta crescer. E, enfim, o grande momento – colher legumes e verduras fresquinhos. Tudo isso feito junto com as crianças, que adoram mexer em terra, será uma brincadeira especial. Mãos à obra:
    O que plantar – Comece com as espécies que nascem rapidamente (para diminuir a ansiedade das crianças e a sua também). A rúcula, o espinafre, o rabanete, o feijão e o tomate-cereja entram nessa categoria. Além desses, as ervas aromáticas, especialmente a cebolinha, a salsinha, a hortelã e o manjericão são fáceis de cultivar e de grande uso na culinária.
    Quando começar – A época do plantio também é importante. Atenção às dicas de um especialista: frutos devem ser plantados entre setembro e outubro; raízes e flores, de preferência entre março e abril; e, quanto às folhas, há variedade para todas as épocas. As embalagens de sementes trazem as informações.
    Em que local – Se você for usar uma parte do jardim ou canteiro, procure um local bem ensolarado. Prepare o solo, afofando ao menos 20 centímetros de terra. Depois, cubra-o com restos de folhas de podas. Mas, se em sua casa não há espaço para grandes plantações, não desanime. Faça uma pequena horta de temperos, em vasos ou jardineiras.
    Aprenda como preparar um vaso ou jardineira para ter uma pequena horta dentro de seu apartamento:
    1. Escolha uma jardineira ou vaso com furos na base. Cubra o fundo com pedras ou argila expandida para ajudar na drenagem da água.
    2. Sobre as pedras coloque uma fina camada de areia. A função aqui é a mesma das pedras: evitar que o excesso de água acumule no vaso e acabe apodrecendo as raízes das plantas.
    3. Agora cubra com um pouco de terra, que deve ser preparada antes: partes iguais de areia, terra comum e húmus de minhoca (ou composto orgânico).
    4. Transfira as mudas para a jardineira. Procure colocar em ordem de tamanho. Assim um não fará sombra à outra. O sol é fundamental para o desenvolvimento de suas plantinhas. O ideal é que elas recebam no mínimo quatro horas de sol por dia. Apenas nos dois primeiros dias elas devem ficar em local com claridade indireta.
    5. Agora é só regar, o que deve ser repetido diariamente, de preferência no final da tarde ou à noite. E a cada noventa dias, adube com húmus de minhoca ou algum tipo de composto orgânico.

    Sobre o Autor

    O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

      Postagens Relacionadas