29 de janeiro de 2020

Tratamento da Gravidez Com a Medicina Alternativa

GRAVIDEZ

A gravidez é um período muito especial na vida da mulher, pois um novo ser está em formação dentro de seu corpo. A gestante é submetida a grandes alterações fisiológicas e psíquicas durante a formação do feto e a sua reação pode ser determinante para que tenha uma gestação tranqüila e para a saúde do seu bebê. É indispensável que um médico obstetra acompanhe o desenvolvimento da gravidez, pois muitos problemas de má formação podem ser evitados quando identificados a tempo. A gestante deve suspender definitivamente o uso de cigarros, bebidas alcoólicas, café, chá-preto e outros estimulantes.
Alimentação: Use alimentos nutritivos e simples, que possam garantir bom sangue a si própria e ao bebê.
Evite vinagre, frituras, condimentos irritantes, gorduras, enlatados, queijos e refrigerantes. Às vezes é melhor fazer mais refeições durante o dia, comendo menor quantidade em cada vez.
Devido às alterações hormonais e fisiológicas pelas quais passa o
corpo da mulher, podem surgir alguns distúrbios que, normalmente, são facilmente combatidos.
Cãibras: Geralmente surgem nos últimos meses de gravidez, quando a bolsa que contém o bebê pressiona as artérias e veias do abdome prejudicando a circulação sanguínea. Coloque uma bolsa de água quente debaixo da região onde as cãibras ocorrem com mais freqüência e faça fricções locais com álcool. Tomar banho morno antes de deitar-se ajuda a prevenir.
Gases e Prisão de Ventre: Por causa da ação de alguns hormônios a digestão pode tornar-se lenta, provocando a formação de GASES INTESTINAIS e o surgimento de prisão de ventre e AZIA. As cólicas intestinais são às vezes confundidas com as contrações uterinas – a diferença entre uma e outra é que nas contrações uterinas o abdome fica contraído e endurecido. A prisão de ventre deve ser combatida rapidamente, pois pode degenerar-se em HEMORRÓIDAS. Para combatê-la, não use laxante. Siga o tratamento indicado em PRISÃO DE VENTRE.
Hemorróidas: O mau funcionamento dos intestinos pode provocar o surgimento de hemorróidas.
Náuseas e Vômitos: Muito comuns no início da gravidez, geralmente desaparecem por volta do 4º mês. Para minimizar os efeitos do mal-estar, evite ficar com o estômago vazio por muito tempo; pequenas refeições a cada três horas podem ser melhor que refeições completas em intervalos normais.
Se a ânsia for muito freqüente e intensa, procure um médico. Siga os tratamentos indicados em NÁUSEA e VÔMITO.
Sensação de Cansaço e Sonolência: Também comuns no início da gravidez, resultam das alterações hormonais que ocorrem no organismo. Geralmente basta um breve repouso, comer uma fruta ou beber um copo de suco natural, para fazer desaparecer a sensação ruim. Permanecendo os sintomas, siga o tratamento indicado em DEBILIDADE GERAL.
Varizes: O aumento de peso da gestante pode provocar o surgimento de VARIZES. Para prevenir-se, use meias elásticas apropriadas.
Vontade Freqüente de Urinar: A pressão que o útero em crescimento faz sobre a bexiga, cria a sensação freqüente de necessidade de urinar.
Depois do 3o mês essa sensação costuma desaparecer, voltando ao final da gravidez quando a cabeça do bebê comprime a bexiga da mãe.
Evite tomar líquidos à noite antes de deitar-se. A pressão do útero sobre a bexiga pode resultar em CISTITE. Consulte seu médico sobre essa possibilidade.

Texto extraído do livro “Medicina Alternativa de A a Z”, Carlos Nascimento Spethmann.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas