4 de abril de 2020

    Região dos Pampas – RS

    Região dos Pampas – As grandes fazendas e o pampa. É isso que dá ao gaúcho uma personalidade de campeador. Acostumado a olhar a distância, chimarrão. As bombachas, as botas, o poncho, o lenço no pescoço e o chapéu vestem o homem do campo no seu dia-a-dia. É dele o churrasco de chão temperado apenas com sal grosso, os causos folclóricos contados ao pé do fogo, o mate amargo, o rodeio e o fandango. O verde é a cor do pampa. Cor que se mistura com açudes e um bando de quero-quero, com a boiada de pêlo brilhante ou um velho umbu, árvore típica do Rio Grande do Sul. Cenário das lutas históricas que foram travadas ao longo de muitos séculos, as cidades e seu povo sofreram influências dos países do Rio da Prata, mesclando o jeito de falar e as tradições.

    Todos estes hábitos e costumes típicos dos riograndenses podem ser acompanhados de perto nos hotéis-fazendas que integram o Programa de Turismo Rural no Estado. Neles você pode participar das atividades campeiras, vai andar a cavalo e provar a gastronomia criuola. Tudo como os gaúchos do campo fazem há muito tempo. E pertinho deles, ainda vai poder fazer compras nos free shops de Santana do Livramento e Uruguaiana.

    ZONA DO PAMPA

    Campanha: Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra e Lavras do Sul.

    Fronteira Oeste: Alegrete, Barra do Quaraí, Itaqui, Moçambará, Manoel Viana, Quaraí, Rosário do Sul, Santana do Livramento, São Borja, São Gabriel e Uruguaiana.

    Sobre o Autor

    O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

      Postagens Relacionadas