17 de fevereiro de 2020

Obesidade poderá matar mais que fumo nos EUA – Fatos

Obesidade poderá matar mais que fumo nos EUA, diz estudo

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos indica que a obesidade deverá se tornar a maior causa de mortes evitáveis no país.

O estudo, realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CCPD) – agência ligada ao governo federal, é o mais recente trabalho a mostrar que o excesso de peso é um problema para americanos de todas as idades.

“Nós simplesmente somos gordos demais”, afirmou o secretário da Saúde Tommy Thompson, ao divulgar os resultados do estudo.

Segundo o CCPD doenças relacionadas a uma dieta pouco saudável e à falta de atividades físicas já causaram 400 mil mortes no país em 2000 – o que significa um aumento de 33% em relação a 1990.

Mais fatal que o fumo

Se a atual tendência se mantiver, a obesidade vai rapidamente ultrapassar o fumo como a maior causa de doenças fatais evitáveis nos Estados Unidos.

Pessoas com excesso de peso, diz o estudo, têm mais chances de sofrer de problemas cardíacos, câncer, derrames e diabetes.

Dois terços dos adultos americanos e nove milhões de crianças estão acima de seu peso ideal ou obesas, como conseqüência de um estilo de vida que mistura má alimentação, uso cada vez maior de computadores e pouca atividade física.

A divulgação do estudo coincide com uma nova campanha do governo para estimular as pessoas a fazerem exercícios.

No entanto, críticos dizem que o governo deveria enfatizar que as pessoas devem comer menos e alegam que isso não é feito para não contrariar os interesses da indústria multibilionária de fast-food.

Em um argumento para essa teoria, a Câmara dos Representantes anunciou planos de apresentar um projeto de lei que limite processos “fúteis” que acusam redes de fast-food de causar obesidade.

Vários adolescentes tentaram recentemente processar o McDonald’s, alegando que os seus produtos os fizeram engordar. O caso foi desconsiderado.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas