18 de janeiro de 2020

O Frango em Alta – Corpo e Saúde

O Frango em Alta – Nenhum concorrência ao boi é tão forte quanto a do frango. No Brasil, enquanto o mercado da carne bovina cresceu 10% em dez anos, a avicultura evoluiu 300%. Ao final de 95, já se registrava uma média de consumo de 25 quilos de carne de frango ao ano para cada brasileiro, a mesma quantidade de carne de boi. Dois motivos explicam isso: o preço mais acessível e a fama saudável que ela angariou ao longo dos anos. Explica-se. Quando a Organização Mundial de Saúde constatou que a cidade brasileira com maior expectativa de vida era Veranópolis, na serra gaúcha, cardiologistas de Porto Alegre correram para lá. Constataram que a taxa de colesterol entre os idosos não passava de 188 mg/dl, portanto dentro da faixa considerada ideal, que é de 200 mg/dl. E descobriram ainda que eles consumiam muito mais carne de frango do que de boi.
Mas mesmo essa carne pode fazer mal. O consumidor deve, em primeiro lugar, banir a pele do frango, muito rica em colesterol. As análises comprovam que a carne gorda do frango e a pele contém mais colesterol que as carnes magras de boi e porco.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas