19 de fevereiro de 2020

Lipo ‘não é desculpa para comer demais’ – Medicina

Lipo ‘não é desculpa para comer demais’

Cientistas americanos avisam: lipoaspiração não é garantia de perda de peso.

As pessoas que acreditam que a operação é uma solução rápida e permite excessos na alimentação possivelmente vão engordar tudo novamente, afirma uma pesquisa publicada na revista da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica.

Um estudo feito com duzentos pacientes revelou que quase metade deles ganharam peso depois da lipoaspiração.

Pesquisadores da Universidade do Texas dizem que é importante usar o bom senso, com uma alimentação saudável e exercícios frequentes, para garantir a manutenção do peso.

Estilo de vida

Para o cirurgião plástico Rod Rohrich, “se os pacientes quiserem que os resultados da lipo durem bastante tempo, precisam também mudar o estilo de vida”.

“A lipoaspiração deve ser usada como um auxiliar à vida saudável, não como uma ferramenta para a perda de peso”, disse o médico.

No estudo, a equipe do Dr. Rohrich acompanhou duzentas pessoas que foram submetidas à lipoaspiração.

Após seis meses, 43% delas haviam engordado, 25% haviam emagrecido e 32% estavam com o mesmo peso.

Estética

As pessoas com hábitos alimentares ruins e que não se exercitavam foram as mais propensas a ganhar peso.

Em contrapartida, os que se exercitaram regularmente e comeram alimentos saudáveis tinham duas vezes mais possibilidades de perder peso.

O Dr. Rohrich diz que é importante ter esses fatos em mente já que no final do ano “as pessoas vão a muitas festas e se esquecem da dieta e dos exercícios”.

Já o Dr. David Haslam, presidente do Forum Nacional para a Obesidade, a lipoaspiração não deve ser vista como um tratamento para problemas de peso, e sim como um procedimento com fins meramente estéticos.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas