19 de fevereiro de 2020

Fãs do ‘monstro do Lago Ness’ dizem ter achado fóssil – Descobertas

Fãs do ‘monstro do Lago Ness’ dizem ter achado fóssil

Um fóssil encontrado no Lago Ness está sendo ligado ao famoso “monstro” do lago por entusiastas e seguidores do mito.

O fóssil, de 150 milhões de anos, estava submerso em uma parte rasa do lago e foi encontrado por um aposentado.

Os vestígios do fóssil são de um plesiossauro, um réptil marinho do período Mesozóico, de pescoço longo, cabeça pequena e quatro membros desenvolvidos como nadadeiras.

O plesiossauro era carnívoro, dominava os mares entre 200 milhões e 65 milhões de anos atrás e tem grande semelhança com as imagens modernas do “monstro do Lago Ness”.

Segredo

Especialistas descreveram a descoberta como bastante interessante, mas não acreditam que ela tenha ligação com o famoso “monstro”.

O Lago Ness não existia até a Era Glacial – que terminou há 12 mil anos.

O fóssil mostra quatro vértebras perfeitamente preservadas, partes da espinha dorsal e marcas de veias.

Cientistas do Museu Nacional da Escócia confirmaram que o fóssil – o primeiro do tipo encontrado na Escócia em mais de um século – seria uma prova de que uma criatura de 11 metros de comprimento existiu na área.

Entusiastas do mito do “monstro do Lago Ness”, que estão mantendo o local da descoberta em segredo, querem vasculhar a área em busca de outros fósseis.

O fóssil foi encontrado por Gerald McSorley, de 67 anos, depois que ele tropeçou quando passeava na parte rasa do lago, próximo à margem.

“Quando pus as mãos no chão para me levantar, vi um objeto estranho e o peguei”, contou ele.

“Depois que tirei as algas que estavam em volta, vi as marcas de osso e me dei conta de que poderia ser um fóssil importante”.

Sobre o Autor

O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

    Postagens Relacionadas