2 de abril de 2020

    Ensinando Limites – Crianças


    Um pai relata que sua filha de 4 anos é muito nervosa, perde o controle com facilidade, torna-se agressiva. Nessas horas, atira coisas, cospe nas pessoas, chuta. O pai já a castigou, inclusive fisicamente, mas nada adianta. O que fazer?

    Ensinando Limites – Não é regra geral, mas nessa idade é normal crianças terem esse comportamento, sem caracterizar um traço particular de sua personalidade. Nessa fase a criança ainda não aprendeu a controlar seus impulsos e emoções. Se fazer isso é difícil para você, papai, que perde a paciência e dá umas palmadas no seu filho de vez em quando, imagine para ele, que ainda se comunica muito mais com o corpo do que com as palavras.
    A criança vai adquirindo esse domínio aos poucos, à medida que os pais lhe colocam limites e a ensinam a dizer o que quer e o que não gosta “com palavras”, em vez de tapas e chutes. Mas isso não acontece de uma hora para outra: leva a infância toda. É preciso repetir as regras para as crianças mil vezes, se necessário, o que requer todo o empenho, a paciência e o amor dos pais. Educar é isso e dá trabalho mesmo. Além de carinhosos e pacientes, os pais devem ser insistentes e muito firmes ao colocar suas regras. A criança deve ser educada para o convívio. Se os limites não são claros e firmes, é ela quem vai sofrer mais tarde, pois as pessoas, ao contrário dos pais, não terão a mesma tolerância com seus abusos e transgressões.

    Sobre o Autor

    O despertar da Consciência é nosso sistema de publicação automático dos conteúdos.

      Postagens Relacionadas