Aguarde!
 Carregando o Conteúdo
          desta Página...
Home TopGyn
Envie por E-mail Fale Conosco

Como viver em Paz - A gente corre, corre, mas não vai a lugar nenhum. - Ah, mas eu tenho que fazer isso. Meu Deus, me ajude a conseguir aquilo. Vivemos correndo, disputando com a vida, disputando com tudo. Parece que a gente vai para algum lugar. Mas ninguém vai para lugar nenhum. Se você pensar bem, estar aqui ou estar ali não faz a menor diferença, pois tudo é vida. Ah, eu estou aqui mais queria tanto ter uma vida diferente, fazer assim, fazer assado. Queria ser melhor aqui, melhor ali. Você acha que é mau a gente querer o melhor? - Não, nada no mundo é mau. Mas que diferença faz você estar aqui ou estar lá? Acho que vou ser mais feliz, vou me realizar se estiver lá. - É um pensamento, mas certeza mesmo você não tem. Só imagina que se fizesse isso ou aquilo, que se morasse assim ou fosse assado, iria ficar melhor. Pode ser, mas também pode ser que não, pois, certeza, ninguém tem. É mentira que você tem a certeza de que aquela coisa vai ser boa na sua vida. É só olhar para trás. Quantas vezes você meteu a cara e acabou quebrando porque não era bom? É, a gente quer muito o que não tem, quer ser quem não é, quer ir para onde não pode. Que coisa confusa! Depois que a gente morre, vê que não adiantou nada esse corre-corre, essa tensão, essa loucura de querer aquilo ou de falta disso, de falta daquilo. Ah, minha gente, quanta ilusão! Vocês precisam aprender a viver e não a inventar uma vida que nunca vão ter, querendo estar num lugar onde nunca vão estar, querendo ficar onde não podem, querendo ser o que não são, querendo ter o que não é possível. Tudo é ilusão. Vocês não querem a verdade, não querem viver o dia-a-dia. É por isso que não têm gosto nenhum de viver. A vida de vocês é um tormento e não tem paz. É preciso aprender a contemplar para ter paz.
Como é importante ter paz na vida. Paz é a gente se harmonizar com o movimento da natureza. É deixar a vida fluir. É ter gosto no prazer do amor, é ter gosto no que faz, é ter gosto na vida. Sem paz, a cabeça não pensa direito, acaba com a saúde mental, emocional, física, social, que é a saúde familiar e do ambiente. Não pode ter paz, porque é aquela loucura na cabeça e o corpo fica só seguindo as ordens da cabeça, tenso, vivendo num mundo que não existe, no mundo do "deveria", criando revolta, desassossego, exaltação. - Você é uma pessoa exaltada? Vive nos impulsos e depois fica moído, arrebentado, não dorme direito. Paz é o contrário. Não quer dizer que, na paz, você vá ficar sem fazer nada, porque isso também machuca. Você pode ser dinâmico e até ativo. Mas o jeito de fazer suas tarefas é calmo, equilibrado, harmonioso.O movimento é gracioso. Paz é uma grande necessidade da gente. O povo vive dizendo: - Ah, estou me matando para um dia ter paz. No dia em que meus filhos estiverem criados, vou ter paz. - Que ilusão! Desse jeito, você não vai ter paz nunca. A pessoa desassossegada quer que o mundo fique calmo para ela ter um pingo de paz. Nem pingo, nem tempestade, você vai ter, se depender dos outros para ter paz. A paz está dentro de nós. É a atitude interior que a gente vai construindo devagar, ao perceber o que tira a nossa paz. O que tira a sua paz? são as suas esperas? Pare de esperar.
O objetivo da vida é viver cada momento, a riqueza desse momento, a presença sua na vida, os filhos do jeito que são, a casa para cuidar, o serviço que você faz sempre igual. Mas é isso aí a sua vida. É aí que você exercita a sua paz, o seu controle interior, a sua evolução. Não tenha medo do trabalho repetitivo. Não fique com muita ambição. Para quê? O mundo vai levá-lo para a frente; você vai para o melhor. Então, pare com a luta. Não lute. Quem luta não sai do lugar. Quem corre atrás não anda. Quem não corre é quem caminha. Só caminha quem fica, porque assim a vida vem até nós.