Aguarde!
 Carregando o Conteúdo
          desta Página...
Home TopGyn
Envie por E-mail Fale Conosco

Curso de Fotografia Digital - Tirando Fotografias Panorâmicas e de Objetos
INTRODUÇÃO

A maioria das imagens na Web são estáticas, elas simplesmente ficam lá como um quadro espetado numa parede digital. Porém, existem outras fotografias que você pode girar e panear. Estas imagens são produto de técnicas de imagem de imersão. Há dois tipos básicos; panoramas e objetos.

A maioria das fotografias, até mesmo aquelas tiradas com uma lente de grande abertura angular, mostram só um pouco da cena global. Para fotografar a cena inteira você tem que girar ao redor em um círculo de 360-graus, enquanto olha de um único ponto para o espaço circunvizinho. Existem algumas máquinas fotográficas que fazem isso. Outras só fotografam fatias que são mais largas que lentes normais sem capturar os 360-graus inteiros. Ambos os tipos de máquinas fotográficas são caras e existem agora modos digitais menos caros para combinar uma série de fotografias em um panorama sem costura.

Existem várias técnicas básicas usadas para capturar imagens panorâmicas. As mais populares são:

  • Panoramas podem ser armados a partir de uma série de imagens separadas. Antigamente as imagens eram montadas lado a lado em um papelão. Agora elas são freqüentemente digitalizadas e combinadas usando-se um programa que as costura sem marcas em panoramas que cobrem 360 graus ou mais.
  • Máquinas fotográficas com uma lente fixa e filme fotografam igual a uma máquina fotográfica normal mas em molduras de filme panorâmicas. O formato 6x17 é o modo mais comum para fazer estas fotos profissionalmente.
  • Máquinas fotográficas de lente rotativa tiram fotos girando a lente durante a exposição e pintando uma imagem no filme. Estas imagens cobrem menos de 180 graus da cena.
  • Máquinas fotográficas panorâmicas rotativas giram no tripé enquanto o filme corre na direção oposta na máquina fotográfica. Estas máquinas fotográficas podem capturar mais de 360 graus.
  • Scanners de tiras panorâmicas, como aqueles usados para capturar cavalos na linha de chegada do jockey club, pintam a imagem objetos móveis em um pedaço de filme que se move à mesma velocidade.

 PRIMEIRAS FOTOGRAFIAS PANORÂMICAS

Os primeiros panoramas, tirados nos anos1840s, foram feitos tirando uma série de imagens tipo daguerreotype que podiam ser emolduradas ou penduradas lado a lado. A mesma analogia foi depois usada com tintypes e impressões de papel.

LOC panorama.gif (44428 bytes)
Um antigo  panorama de Chicago antes do incêndio. Cortesia da Library of Congress

No fim do século passado, máquinas fotográficas motorizadas foram feitas especificamente para fotografia panorâmica. Em um tipo, a lente girava enquanto o filme permanecia estacionário. Em outro tipo, a máquina fotográfica girava em um tripé especial para "pintar" a imagem em uma folha móvel de filme. Uma das mais famosas de tais máquinas fotográficas, a Kodak Cirkut foi patenteada em 1904. Usava filme de formato grande, variando em largura de 5 " a 16 " podia produzir fotografias de 360-graus medindo até 20 pés de comprimento

cirkut6.gif (87770 bytes)
Uma antiga câmera Cirkut em seu tripé especial.

Estas máquinas fotográficas freqüentemente eram usadas fotografar grupos, especialmente escolares. Se você olhar de perto para algumas destas fotografias, você verá a mesma pessoa aparecer duas vezes, normalmente na extremidade esquerda e direita do quadro. Conforme a máquina fotográfica gira para a extrema esquerda da cena, alguém pode correr depressa ao outro extremo. Eles aparecerão em ambos os lugares. Na indústria, isto é chamado "corrida da pizza". 

 

 CÂMERAS PANORÂMICAS ESPECIALIZADAS

Existem várias máquinas fotográficas panorâmicas especializadas. Você não precisa destas para produzir panoramas, porque você pode usar uma máquina fotográfica normal, como você verá logo. Porém, se você tem dinheiro para gastar, estas câmeras panorâmicas especializadas criam panoramas maravilhosos tanto para impressões e para o monitor. Algumas destas máquinas fotográficas tiram fotos de abertura extremamente grandes e outras capturam uma imagem de 360 graus inteira. Uma coisa para pensar quando considerando máquinas fotográficas panorâmicas de filme é o tamanho dos negativos delas. Na maioria dos casos a imagem mede mais que uma único quadro normal. Isto significa que você precisa de scanners de filme especiais para digitalizar a imagem. Estes serviços são raros e caros.

Máquinas fotográficas Panorâmicas digitais

Máquinas fotográficas panorâmicas digitais ainda são poucas e raras. A única que eu pude achar foi a INNOTECH HT. O site que descreve este produto está em alemão, assim se você não fala aquele idioma vá para página de AltaVista Translation Service e entre a URL (http://www.innotech-ht.com/sasmetri.htm) na caixa de texto. Então selecione a tradução que você quer, por exemplo, de alemão a português.

Câmeras Panorâmicas tipo "mire-e-clique"

Máquinas fotográficas panorâmicas de 35mm mire-e-clique , inclusive as mais recentes máquinas fotográficas de APS em modo panorâmico, só encobrem o topo e a parte de baixo do quadro normal da foto 35mm, enquanto deixa uma imagem estreita e longa no meio do quadro. Isto não muda o ângulo horizontal de visão, só corta fora a parte superior e inferior da imagem para dar uma aparência "tipo panorâmico", uma imitação de um panorama. 

maxPanoramic.jpg (19435 bytes) Kodak MAX panoramic máquinas fotográficas descartáveis são um modo barato para experimentar a fotografia panorâmica. Cortesia da Kodak

 

fakepan.jpg (34137 bytes) 35mm_pan.jpg (35231 bytes)
Um slide de uma máquina fotográfica mire-e-clique mostra as faixas acima e abaixo da "imagem panorâmica". Quando o negativo for impresso, só a faixa de imagem é usada assim se parece um panorama estreito e longo.

Máquinas fotográficas de grande abertura angular

Máquinas fotográficas especialmente projetadas com lentes de super grande abertura angular podem capturar fatias largas de uma cena, mas não mais que 180-graus. Há muitos modelos destas máquinas fotográficas, inclusive a Hasselblad Xpan, Linhof Technorama 617 (115º) e a Panorama de Fugifilm GX617.

XPan.jpg (33400 bytes) A Hasselblad XPan provê tanto um formato 24x65mm panorâmico e o convencional 24x36mm no mesmo filme de 35mm. É a primeira e única máquina fotográfica de formato duplo que amplia o formato em vez de mascará-lo, enquanto assegura que toda exposição utiliza a área cheia do filme. Além disto, a largura de 65mm das imagens de panorama cheias é semelhante ao formato médio, garantindo que a Hasselblad XPan sempre lhe dará excelente qualidade de imagem. Cortesia da Hasselblad

 

linhof617s.gif (44311 bytes) A Linhof Technorama 617 é uma máquina fotográfica que tem uma lente Schneider Super Angulon 90mm, um círculo de imagem de 235mm e uma proteção de lente. ©1997  permissão da B&H Photo-Video

 

fugx617.gif (57579 bytes) A Fuji GX617 tem quatro lentes de panorama intercambiáveis. Um protetor de choque sólido guarda as lentes para segurança extra em até mesmo nas situações fotográficas mais difíceis. ©1997 B&H Photo-Video

 

VPanMed.jpg (21399 bytes) A V-Pan 6x17 máquina fotográfica de visão panorâmica é fabricada por Chet Hanchett de St. Louis, MO. Usa filme 120, enquanto dando quatro imagens por rolo. Como outras máquinas fotográficas de visão, você focaliza em um espelho e pode trocar lentes. Também faz elevações, balanços e rotações típicas de uma máquina fotográfica de visão de monotrilho. Cortesia daPanoramics NorthWest, Inc

Máquinas fotográficas de lente móvel

Máquinas fotográficas de lente móvel usam uma lente que gira de um lado da cena ao outro durante uma exposição. Durante o movimento, a luz focalizada por uma fresta "pinta" o filme com uma imagem. Considerando que a superfície do filme fica curvada, a imagem não mostra nenhuma distorção. Linhas que são retas no mundo real são retas na imagem. Uma vantagem grande deste tipo de máquina fotográfica é que a lente não é cara. Só tem que cobrir a dimensão vertical do filme e a largura da fresta. Máquinas fotográficas deste tipo incluem as da Noblex e Widelux (já não faz).

noblex135s.gif (45022 bytes) A Noblex 135-S Standard é uma máquina fotográfica 35mm que tira fotos de 136-graus de visão. ©1997 B&H Photo-Video

Máquinas Fotográficas Giratórias

Máquinas fotográficas giratórias podem capturar uma imagem de 360-graus revolvendo em uma direção enquanto o filme gira em outra, assim fica sincronizado com o movimento de lente. Como em uma máquina fotográfica de lente móvel, a luz focalizada por frestas estreitas "pintam" uma imagem no filme. Máquinas fotográficas nesta categoria incluem a SpinShot. Hulcher, e as feitas pela Roundshote Globuscope.

spinshot.gif (57492 bytes) A Spin Shot 35 S captura uma cena de 360 graus inteira. Conforme a Spin Shot 35 S gira, ela automaticamente puxa o filme pela estreita racha no obturador (1.5mm). Isto cria uma imagem contínua em aproximadamente sete polegadas num filme padrão de 35mm (360 graus). A imagem não é limitada a 360 graus ou menos. Contanto que a máquina fotográfica escaneie, uma imagem será criada. ©1997Cortezia da B&H Photo-Video

 

hulcher.jpg (29546 bytes) Com a Hulcherama e uma lente de 35mm, uma foto inteira de 360 graus pode ser exposta em um segmento de filme de 9 polegadas, três destas podem ser obtidas em um rolo de filme 120. A Hulcherama pode ser montada no tripé e pode ser girado para obter uma foto de 360 graus, ou pode ser operada manualmente com rotações mais curtas. (Você começa apertando um interruptor de controle remoto montado na base estacionária da máquina fotográfica. ) A progressão do filme dentro da máquina fotográfica é sincronizada com movimento de máquina fotográfica e o filme será exposto por uma fresta ajustável, que é controlada de fora da máquina fotográfica. Cortesia de imagem de Charles Hulcher Co. inc.

 

globuscope.jpg (2476 bytes) A cortesia de Globuscope da Everen T. Brown Advertising

 

gs1.jpg (138622 bytes)
Estas imagens de amostra foram escaneadas no computador a partir de impressões de contato. As imagens atuais são de qualidade fotográfica pois elas foram feitas de negativos reais. Clique para aumentar a imagem. Cortesia do fotógrafo Everen T. Brown Advertising

 

panomachine.jpg (9894 bytes) David Grenewetzki tira fotos digitais de foguetes e aviões de controle remoto. Para tirar panoramas com um controle remoto e uma Kodak DC20 ele projetou e construiu este dispositivo que repetidamente vira a máquina fotográfica 45 graus e tira uma foto até que oito quadros foram tirados para cobrir 360 graus completos. Ele usa uma lente Tiffen grande angular para aumentar o campo de visão da DC20, de forma que se pode obter uma cobertura completa com oito disparos. Ele vende até mesmo um equipamento para construir seu próprio sistema. Cortesia de David Grenewetzki

Máquina Fotográfica Panorâmica de Um Clique

O sistema de lente panorâmica da Be Here Portal S1 usa um corpo de máquina fotográfica standard de 35mm montado virado para cima e disparando através de um orifício num disco parabólico. A imagem de 360 graus é refletida do topo do prato parabólico e então salta para fora de um espelho pequeno que a focaliza abaixo, na lente da máquina fotográfica. Ao tirar uma foto, você tem que ficar debaixo do prato para ficar fora do campo de visão. (Em 1998 foi introduzida uma câmera de vídeo digital para poder ser usada em lugar da máquina fotográfica de 35mm.)

behere.gif (5129 bytes) O sistema de lentes Be Here captura um panorama de 360-graus inteiro em uma única exposição. Cortesia de imagem da Be Here

Uma vez capturado em filme, a imagem deve ser esquadrinhada e então deve ser processada com o software panorâmico proprietário da Be Here. Este software aplaina a imagem em formato de "donut" e executa outro processo como escurecendo a iluminação, corrigindo brilho e contraste e afiando as extremidades ligeiramente. Você então salva a imagem em um dos formatos panorâmicos populares como o QuickTime VR

Máquina Fotográfica Panorâmica de Dois Cliques

Imagens de IPIX images são impressionantes imagens esféricas que incluem todo aspecto horizontal e vertical de uma cena. Para criar as imagens, você tira duas fotografias de ponta a ponta usando uma lente de 8mm e um tripé especial IPIX—chamado de IPIX rotativo. Você então usa o software de IPIX para costurar as duas imagens em uma esfera de 360-graus sem emendas. Além de ver estas imagens com um browser e o plug-in IPIX, você pode usar também um visualizador separado.>

Não espere testar este pacote em casa—ele é para profissionais sérios. Além de também comprar o tripé rotativo você terá também de pagar uma taxa por cada panorama que fizer com software da IPIX (pense nisto como royalty). O software tem um contador que mantém rastro do número de fotos que você faz. Quando você excede o limite você compra mais "cliques" com preços começando em $100 por imagem e caindo, dependendo do número que você compra.

Panorâmicas Buraco-de-Fechadura

Surpreendentemente, lentes não são necessárias para tirar uma foto. Você pode fazer uma máquina fotográfica de uma caixa de sapato com um buraco pequeno em uma extremidade. Conhecida como máquina fotográfica buraco-de-fechadura, este dispositivo primitivo pode focalizar uma imagem de fato e pode registrar isto em filme. Para fazer uma fotografia, a caixa é carregada no escuro com um filme sensível a luz ou papel e o buraco-de-fechadura é coberto com fita opaca. Ao desgrudar a fita (como num obturador) descobre-se o buraco-de-fechadura (como uma abertura de lente) e começa a exposição, enquanto fechando o buraco-de-fechadura termina a exposição. Remove-se o filme exposto ou papel em um quarto escuro e as imagens são reveladas.

Pinoramic_120.jpg (11070 bytes) A Pinoramic 120 é uma máquina fotográfica feita de cerejeira e bronze e incorporando um obturador operado pneumaticamente (isso é para o que serve a bomba de ar). O filme 120 produz 6 exposições de aproximadamente 4.75 polegadas de largura. O buraco-de-fechadura é de 60 mm de comprimento efetivo e abertura de f/200. O filme é envolto ao redor de um plano curvado na parte de trás da máquina fotográfica. Isto permite 120 graus de cobertura lateral sem queda de exposição por toda a imagem. Cortesia da Mottweiler Design Mottweiler Design

 

 PANORAMAS COM CÂMERAS REGULARES

Embora fotos panorâmicas têm sido tiradas em seções e depois coladas durante anos, foi o desenvolvimento de software de computador que tornou panoramas sem emendas possível com uma máquina fotográfica regular. 

long beach.gif (60717 bytes)
Long Beach, California, Bathing Beauty Parade, 1927. Cortesia da Library of Congress.

Para criar um panorama sem emendas com um filme regular ou máquina fotográfica digital, você começa capturando uma série de imagens ao redor de um único ponto de rotação, o centro óptico da lente. Depois, você "costura" estas fotos com um software.

panorama rotation.gif (3776 bytes) Fotos individuais, mas com quadros sobrepostas, são capturadas ao redor de um ponto de rotação. Cortesia de imagem da Apple

Hardware e Técnicas

Há alguns ingredientes importantes para se adquirir imagens panorâmicas boas.

  • Você pode usar quase qualquer tipo de máquina fotográfica mas você deve ter cuidado com a escolha da lente.
  • Lentes grande angular exigem menos quadros para cobrir a mesma visão mas fazem as coisas parecerem menor e mais distantes.
  • Lentes retilíneas—aquelas que fazem linhas diretas na cena se parecem como linhas diretas na imagem, são requeridas pelos programas de costura. A maioria das lentes são retilíneas, mas as do tipo "olho de peixe" não são.
  • A máquina fotográfica deve estar absolutamente nivelada quando você gira.
  • As imagens devem ser tiradas em incrementos específicos e devem ser sobrepostas por uma medida certa; 25% em cada lado.

Nivelando a Máquina Fotográfica

A máquina fotográfica deve estar tão nivela quanto possível quanto você a gira em um círculo, assim as fotografias se alinharão quando elas são costuradas depois. Alguns tripés têm níveis de bolha de eixo gêmeos para lhe guiar, mas você também pode usar um nível de mão pequeno..

Um dos problemas ao nivelar um tripé é que o lugar onde você monta a máquina fotográfica e a junta onde a cabeça gira, não necessariamente podem estar alinhados. Isto significa que você pode nivelar a área de ascensão, mas ficará fora nível conforme você gira a cabeça. Você precisará de algum tempo para fazer isto direito. Se você for um perfeccionista, você pode usar duas cabeças de panorama/elevação montadas junto. Você ajusta a cabeça inferior para prover uma superfície nivelada ou inclinada, e a cabeça superior para girar a máquina fotográfica.

Panorama rig.gif (3748 bytes) Conjunto de máquina fotográfica com tripé de duas cabeças. Cortesia de imagem da Apple

Orientação

A orientação da máquina fotográfica depende da cena que você está capturando. Para a maioria das cenas a câmera é montada horizontalmente para fotos em modo de paisagem. Isto é mais fácil de fazer e também exige menos imagens para cobrir uma cena. Porém, algumas cenas têm elementos verticais que lhe exigem que monte verticalmente a máquina fotográfica em modo de retrato. Este modo também lhe dá mais habilidade para fazer o panorama da imagem se você convertê-la para QuickTime VR ou formato semelhante

LandscapeOrientation.gif (2080 bytes) PortraitOrientation.gif (2042 bytes)
Orientação de paisagem. Cortesia de imagem da Apple. Imagem em Orientação de Retrato cortesia da Apple

Para fotografar com a máquina fotográfica em uma posição vertical, você precisará de um suporte que mantenha o eixo de rotação centrado no centro óptico da lente, quando você girar. Estes sistemas seguram verticalmente a máquina fotográfica e lhe permitem apoiá-la lateralmente para posicionar a lente em cima do centro do tripé.

peaceriverstudios.gif (39039 bytes) A Peace River 3Sixty é um suporte panorâmico indexado e compatível com a maioria das câmeras de 35 mm SLR e digitais que usam uma lente retilínea grande angular para uma cobertura de 360 graus de cenas sobrepostas. Ela lhe permite trocar entre incrementos de 12 e 18 e permite a máquina fotográfica girar mais facilmente em uma direção que em outra para reduzir a possibilidade de tirar imagens fora de seqüência. Cortesia de imagem da Peace River Studios

Incrementando as Imagens

Quando você tira uma série de imagens, você precisa estar seguro que elas cubram os 360-graus inteiros e se sobreponham em cerca de 50%. Você pode adivinhar isto mas ajuda muito ter uma cabeça de tripé projetada para a tarefa. Algumas vêm com marcas de graus para o guiar, mas as melhores vêm com ranhuras de modos que a máquina fotográfica encaixa no lugar na posição exata.

kiwi+.gif (19430 bytes) O suporte de modo paisagem da Kaidan (QPLB-1) usa discos dentados com paradas clicadas para deixá-lo girar a máquina fotográfica em incrementos corretos facilmente. Cortesia de imagem da Kaidan.

Uma lente grande angular o deixará ver um campo vertical maior de visão; porém, também dá a impressão de " repelir " objetos em visão para mais distante. O número de imagens que você tem que tirar depende da distancia focal e ângulo de visão de sua lente. Também depende da orientação da câmera, pois você precisará de mais se ela estiver montada verticalmente.

Para calcular o ângulo de visão de sua lente, use a fórmula seguinte:

2*arctan(X/(2*f*(M+1)))

  • X = largura, altura, ou diagonal do filme.
  • f = comprimento focal da lente
  • M=0 para um objeto distante

Por exemplo, um quadro de 35mm tem 24x36 mm, assim com uma lente de 50mm e um objeto distante (i.e. M virtualmente zero), a cobertura é 27 graus por 40 graus, com uma diagonal de 47 graus.

Distância focal

Ângulo de Visão

Número de imagens

Incremente entre fotos

24mm

84°

8.57

42%

35mm

63°

11.43

 

50mm

46°

15.65

 

Exposição

O software que você usa para costurar imagens pode igualar a iluminação em uma cena mas ajudará muito se você tirar fotos boas para trabalhar. Tire a máquina fotográfica do modo de auto exposição e use a mesma exposição para todas as imagens na série. Tente evitar extremos de iluminação. Estes acontecem em dias ensolarados e luminosos quando existem destaques luminosos e sombras escuras. O problema é composto porque você tem que fotografar ao sol. Se você puder, escolha um dia que seja claro e um pouco nublado, com algumas sombras no chão. Se o sol estiver de fora, fotografe ao meio dia para manter a iluminação uniforme. Se você tiver que fotografar em outros dias, posicione a máquina fotográfica de modos a bloquear a incidência de luz direta do sol, bloqueie atrás de uma árvore ou prédio, se o sol estiver apontando em sua direção. Ao fotografar panoramas em recinto fechado, monte a máquina fotográfica de modos a evitar fotos de janelas com sol passando direto por elas.

 

 SOFTWARE DE COSTURA PARA PANORAMAS

Depois que você tirar uma série de fotos para um panorama, você tem que as digitalizar se você não usou uma máquina fotográfica digital para capturá-las. Uma vez em um formato digital, você usa um software para costurar as imagens digitais junto em uma foto sem emendas.

photovista source images.jpg (56606 bytes) photovista panorama.jpg (54307 bytes)
A série original de imagens é exibida lado a lado no software de costura de panoramas PhotoVista. O panorama sem emendas é criado automaticamente com a luz misturada.

Você produz o panorama acabado como uma imagem imóvel em quaisquer dos formatos populares, como bmp ou JPEG. Você também pode salvar panoramas em um dos formatos interativos como o QuickTime VR. Estes formatos deixaram um usuário ver a imagem na tela, girá-la, fazer zoom e clicar em links embutidos. Por exemplo, você pode girar ao redor de um panorama de um quarto e clicar uma porta para exibir um panorama de um quarto adjacente.

O software que você usa depende até certo ponto de que formato de produção que você escolheu. Por exemplo, se você estiver planejando usar o formato IPIX, você tem que também usar o software deles para criar a imagem. Outros formatos são mais abertos. Por exemplo, vários programas de costura produzirão panoramas QuickTime VR (chamou "movies").

  • O QuickTime VR Authoring Studio da Apple para o PowerPC.
  • O Spin Panorama da PictureWorks ainda transforma imagens múltiplas filmes em panorâmicos QuickTime VR de 360°.
  • O PhotoVista da Live Picture costura imagens tiradas com lentes fisheye de 16mm ou mais de comprimento focal e imagens tiradas com lentes grande angular retilíneas de 13mm comprimento focal ou mais. Os panoramas resultantes podem ser vistos usando o visualizador da Live Picture, um plug-in de browser ou o a edição Java do visualizador. No PhotoVista versão Macintosh você também pode salvar as imagens acabadas no formato QuickTime® VR. .
  • O Nodester da Panamation é uma ferramenta de Macintosh por criar fotografias panorâmicas que usam QuickTime VR.
  • Diferentemente de outros programas de imagem panorâmica, o PanoramIX não exige uma máquina fotográfica olho de peixe ou kit de desenvolvimento de software para produzir imagens panorâmicas.
  • O PanDC da Orphan Tecnologies (só para PowerPC) gira uma máquina fotográfica digital ou de filme para capturar panoramas de 360 graus ou panoramas estereoscópicos de 160 graus. Se você capturar a imagem com uma máquina fotográfica digital, pode corrigir a imagem para variações asféricas da lente.

smallmuseum.gif (31056 bytes)

O software PanDC (para sistemas MacOS PowerPC) usa uma máquina fotográfica digital e um suporte de máquina fotográfica para fazer imagens panorâmicas digitais. O PanDC permite a criação automática de imagens panorâmicas parciais ou cheias de 360° e até imagens panorâmicas estereoscópicas de 160° que são compatíveis para uso como conteúdo de QuicktimeVR. O processo de costura do PanDC é completamente automático e só leva aproximadamente 6 minutos para costurar um panorama inteiro de 360 graus. Cortesia de imagem da Orphan Technologies.
  • O Photographer da VideoBrush costura automaticamente uma série de fotografias em uma única imagem de alta resolução. Para capturar uma cena inteira, simplesmente leve uma série de fotografias sobrepostas que "pintam" a cena. Seus instantâneos podem cobrir um monumento de cima a baixo, uma feira de rua do início ao fim ou uma visão de 360-graus de uma reunião de família sem nenhuma necessidade para deixar alguém de fora da cena. O Photographer costurará elas em uma única imagem, enquanto compondo uma visão de grande abertura angular a partir das muitas fotografias separadas.
  • Uma variante interessante é Panorama da VideoBrush que captura sucessões de vídeo e os transforma em imagens panorâmicas.
  • O Cool 360 da Ulead é um outro excelente programa de tratamento de panoramas.

 SOFTWARE PARA VISUALIZAR PANORAMAS

Você pode postar imagens panorâmicas estáticas na Web no formato de JPEG habitual. Porém, se você quer acrescentar interação a eles, você precisa escolher um formato interativo para os salvar. A grande coisa sobre panoramas, especialmente visões de 360-graus são que você os gira, aproxima e afasta usando o zoom. De um ponto de observação central, chamado de nodo, um espectador pode olhar em qualquer direção e pode fazer zoom dentro ou fora de uma visão particular, mudando o ângulo do zoom da visão delas.

A visualização de panoramas é similar, mas diferente de VRML. Em um ambiente de VRML, você pode mover livremente em qualquer lugar seu ponto de vista na cena, mas o movimento é freqüentemente aos arrancos. A visualização panorâmica posiciona seu ponto de vista em um ponto em relação à imagem e você vê a cena de só aquele ponto de vista. A vantagem é que o movimento da imagem é muito suave e a visão é muito realística.

Infelizmente, há mais que um formato para usar em panoramas interativos e os visualizadores não são compatíveis. Se você selecionar panoramas de QTVR, os usuários sem aquele software no sistema não podem ver a imagem.

Além de girar e aproximar, panoramas também podem ter links que unem o panorama a outros panoramas ou objetos. Por exemplo, um usuário pode girar ao redor de uma visão de 360 graus de um quarto e clicar nas portas para mover a outros panoramas.

  • O visualizador Live Picture Viewer é um applet de Java, pequeno, que exibe imagens do PhotoVista na Web sem necessidade de um plug-in. Ele se carrega com o primeiro panorama selecionado e reside no sistema para outras imagens.
  • Podem ser vistas imagens de IPIX no Web com um plug-in IPIX para seu browser. Eles podem ser vistos offline com um espectador separado.
  • AlphaWorks (IBM) PanoramIX é um Web browser plug-in que permite ao usuário ver cenas panorâmicas virtuais. Com o PanoramIX, os usuários podem explorar interativamente imagens panorâmicas compiladas de fotografias, esboços e imagem escaneadas.

QuickTime VR

Uma vez criados, cenas de QTVR são salvadas como arquivo auto suficientes. Eles podem ser reproduzidos sozinhos em um Macintosh ou máquina de Windows que use a aplicação MoviePlayer (contanto, claro que, que a plataforma tenha as extensões QuickTime e QuickTime VR instaladas), ou diretamente on-line em uma página da World Wide Web se for usado o correto QuickTime and QuickTime VR plug-ins com um browser da Internet. Porém, se a cena inclui panoramas ou objetos que contêm links a outros tipos de mídia, como gráficos, texto, vídeos ou sons, então a cena deve ser incorporada em um ambiente de criação de multimídia, como a Apple Media Tool, Macromedia Director, ou mFactory’s mTropolis, para manipular estes outros componentes de mídia.

Quando você vê uma cena de QTVR na Web, aqui estão os modos para você navegar nela.

Para: Macintosh: Windows:
Girar a imagem Clique e arraste Clique e arraste
Aproxime - zoom in (panoramas) Clique Opção Clique Shift
Afaste - zoom out (panoramas) Clique Control Clique Control
Salte a outro local (panoramas) Clique em um link Clique em um link
Salve um panorama ou objeto embutido em uma página da Web Clique e segure o botão do mouse; do menu popup escolha Save Clique a imagem e selecione Save do menu popup
Salve um panorama ou objeto exibido em uma janela separada Baixe o menu File, e clique Save Baixe o menu File, e clique Save As ...

 

 FOTOGRAFIA DE OBJETO

Fotografia de objeto é o oposto de fotografia panorâmica. Em vez de ficar-mos em um lugar e girar para ver uma vista de 360-graus, a fotografia de objeto gira um objeto para você assim você pode ver todos os seus lados.

obpic1.gif (2552 bytes) obpic2.gif (1949 bytes) obpic3.gif (1578 bytes) obpic4.gif (1829 bytes) obpic5.gif (2164 bytes)
Para criar um objeto rotativo, você começa com uma série de imagens que mostram o objeto de vários ângulos. Cortesia de imagens da Peace River Studios.

Para capturar a série de imagens com precisão, você usa um arranjo chamado de object rig. Este arranjo permite montar o objeto a ser fotografado em uma plataforma giratória e posiciona a máquina fotográfica. Quando o objeto é então girado um número preciso de graus entre fotos, a série de imagens é capturada.

object rig.gif (38416 bytes) O Portable Object Maker é projetado para capturar visões de objetos até 6
pés em diâmetro, em precisos intervalos definidos pelo usuário. As imagens capturadas
com o uso do QuickTime VR Authoring Tools Suite da Apple, pode ser
feito em um filme de objeto navegável. As funções mecânicas desta
máquina são realizadas pelo uso de um braço de balanço indexável e
uma plataforma giratória indexável. Cortesia de imagem da Peace River Studios.
kaidan object rig.gif (12978 bytes) Kaidan object turntable.jpg (13838 bytes)
O Kaidan Meridan C60 Object Rig é usado para montar a máquina fotográfica e o objeto a ser fotografado. Cortesia de imagem da Kaidan. O objeto que esta sendo fotografado descansa em uma plataforma giratória que é então incrementada entre fotos. Cortesia de Imagens da Kaidan.

Uma vez que uma série de imagens foi tirada, você usa um programa de software para as costurar e então produzir uma cena em um arquivo de disco. Um dos formatos de produção mais populares é o QuickTime VR da Apple.

objectmaker.jpg (39025 bytes) O novo QuickTime VR Authoring Studio inclui o Object Maker que combina quadros únicos e produz um filme de objeto em QuickTime VR. Cortesia de imagem da Apple.

MENU DO CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL
Armazenamento Inicial das Fotografias Digitais
Armazenamento Final das Fotografias Digitais
A Evolução para Fotografia Digital
Aprenda a Melhorar sua Fotografia Digital
Aprenda Digitalizar Filmes e Fazer Cópias
Aprenda Medir a Intensidade da Luz Durante a Fotografia
Aprenda Fotograr com o Tempo Ruim
Aprenda Tirar Fotografias no Escuro
Controle de Luminosidade e Profundidade na Câmera Digital
Curso de Fotografia Digital - Introdução
Dispositivos de Armazenamento das Fotos Digitais
Desvantagens da Fotografia Digital
Exibição das Fotografias Digitais
Edição da Imagem Digital
Fotografia Digital - Primeira Geração
Fotografia Digital - Segunda Geração
Guardando Suas Fotos Digitais no Computador
Impressoras para Fotografias Digitais
Introdução à Fotografia Digital
Laboratório para Tratamento da Fotografia Digital
Os Tipos de Arquivos de Fotografias
O Mapa Visual da Imagem Virtual
O Mundo com a Fotografia Digital
Os Principais Fundamentos da Fotografia Digital
Os Tipos de Máquinas Fotográficas Digitais
Os Cuidados Com sua Câmera Digital
O Segredo para se Tirar as Melhores Fotografias
Resolução das Fotografias Digitais
Saiba como Escolher a Melhor Câmera Digital para Você
Saiba como Usar sua Câmera Digital
Tecnologia para Fotografias em Stereo
Tirando Fotografias Panorâmicas e de Objetos
Tipos de Câmeras Digitais - Câmera Digital de Visor Direto
Tipos de Câmeras Digitais - Câmera Digital Reflex
Tipos de Câmeras Digitais - Câmera Digital com Visor de Cristal Líquido (LCD)
Tipos de Câmeras Digitais - Backs Digitais
Vantategens da Fotografia Digital
´